quarta-feira, 18 de novembro de 2009

PROCURADORES ANUNCIAM OPERAÇÃO CONTRA SONEGADORES

Um grupo de procuradores de 9 estados e Distrito Federal anunciou hoje uma mega operação contra sonegadores fiscais de pequeno, médio e grande porte. Os valores sonegados, segundo os procuradores, chegam a R$ 4 bilhões em impostos estaduais nos últimos dois anos. A maioria dos crimes está ligada a falsificação de notas fiscais e uso de laranjas em empresas.
"Quando há sonegação, o prejuízo é para toda a sociedade", disse o presidente do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas, Gercino Gomes Neto, procurador de Justiça de Santa Catarina. Segundo ele, essas empresas ainda são suspeitas de lavar dinheiro e adulterar produtos eletrônicos. "Não raras as vezes em que o crime é organizado com formação de quadrilha", ressaltou.
Desde as 4h da manhã desta quarta, a operação, feita em conjunto com a Polícia Federal e as receitas estaduais, consiste em apresentação de denúncias à Justiça, vigilância para apreensões em postos fiscais nas entradas dos estados, entre outras ações. Pelo menos 1.100 auditores estão envolvidos no trabalho. Não há ainda uma estimativa de quantas empresas estão sendo investigadas, mas, segundo os promotores, a maioria é de médio porte do ramo do comércio, indústria e atacadista.
Somente nesta terça em Brasília, 60 caminhões foram detidos em flagrantes com irregularidades, 30 empresas estão sendo autuadas e 10 pedidos de prisões foram feitos à Justiça. No total, R$ 50 milhões foram sonegados, segundo a investigação, no Distrito Federal. Além do Distrito Federal, são alvo da operação os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso e Rio Grande do Norte

Fonte: Agência Estada

Nenhum comentário: