domingo, 6 de dezembro de 2009

Hexacampeão! Mengão levanta poeira no Maracanã!

Valeu a pena esperar. Depois de 17 anos, o torcedor do Flamengo nos quatro cantos do país pode encher os pulmões para gritar: Hexacampeão! Sob o comando de Pet e Adriano dentro de campo e Andrade fora dele, o Rubro-Negro conseguiu uma recuperação impressionante, que foi coroada com a vitória de 2 a 1 sobre o Grêmio neste domingo, no Maracanã, com gols dos zagueiros David e Angelim, com Roberson descontando.

O sofrimento da torcida foi grande. Para quem esperava um Grêmio submisso, se surpreendeu quando os gaúchos prenderam a bola a bola e começaram a tomar conta do jogo logo nos primeiros instantes.
O Flamengo, talvez ansioso, talvez assustado, não conseguia acertar os passes e nas poucas saídas de bola entregava a jogada para o Tricolor. Ainda assim, Adriano ainda teve duas chances na entrada da área, mas não estava com o pé calibrado.

A postura não demorou em causar problemas em uma festa que parecia confirmada. Aos 21 minutos, Douglas Costa cobrou escanteio, a marcação parou e Róberson apareceu para dar um toque sutil e abrir o placar, para a perplexidade de todos no Maracanã.

Mas parecia que o time precisava levar o golpe para acordar. A torcida, que andava meio quieta, começou a cantar e deu gás para a reação. E na base da pressão, mesmo sem muita criatividade, o Mengão chegou ao empate. Aos 30, Pet cobrou escanteio, Adriano dividiu pelo alto e a bola sobrou para o zagueiro David mandar uma bomba sem chances para Marcelo Grohe, empatando a partida. E a virada só não veio antes do intervalo porque o goleiro gremista fez grande defesa em cobrança de falta de Adriano.

A etapa final começou equilibrada. Mas foi o Flamengo quem assustou mais e teve duas boas chances de marcar. Na primeira, Adriano cabeceou para fora com perigo. Na segunda, Airton subiu mas parou na grande defesa de Grohe. Léo Moura e Willians também criaram bom lance pela direita, mas o lateral foi desarmado antes da finalização.

Mas uma festa mais bonita merecia um final mais feliz. E ele não poderia ter uma execução mais perfeita. Pet cobrou escanteio e Ronaldo Angelim, um dos mais antigos do elenco, desviar de cabeça e causar uma explosão de felicidade no Maracanã.


Com pouco mais de 20 minutos para o fim do jogo, o Grêmio pouco ofereceu perigo e o Fla perdeu várias oportunidades de marcar o terceiro. Mas não precisava. De virada, sofrido, é muito melhor. Faz a festa, Mengão!

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 1 GRÊMIO

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data/Hora: 06/12/09 - 17h

Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa/PR)

Auxiliares: Alessandro de Matos (Fifa/BA) e Carlos Berkenbrock (Fifa/SC)

Renda/Público: R$ 2.030.430,00/78.639 pagantes

Cartões Amarelos: David, Willians, (FLA); Douglas Costa, Marcelo Grohe, Lucio, Adilson (GRE)

Cartões Vermelhos: Não houve.

GOLS: Róberson, 21'/2ºT (0-1); David, 30'/2ºT (1-1); Ronaldo Angelim, 24'/2ºT (2-1)

FLAMENGO: Bruno, Léo Moura, David, Ronaldo Angelim e Juan; Airton, Toró (Everton, 15'/2ºT), Willians e Petkovic (Fierro, 28'/2ºT); Zé Roberto (Kléberson, 37'/2ºT) e Adriano. Técnico: Andrade.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Leo, Thiego e Fábio Santos; Adilson (Mithyuê, 42'/2ºT), Túlio, Maylson e Lúcio; Douglas Costa e Róberson (Bergson, 25'/2ºT). Técnico: Marcelo Rospide

Nenhum comentário: