terça-feira, 25 de maio de 2010

Rodoviária Municipal pode ser o Cemitério onde vai ser enterrado o Turismo!?...

Um velho problema vem incomodando a população de Santos Dumont. A administração da Rodoviária e a relação desta com o fluxo das pessoas por Santos Dumont, chegou até nós a informação que existe uma “FORTE INTENÇÃO” da Empresa de ônibus ATUAL de deixar de atender o Município, isto faria com que diminuísse mais ainda as possibilidades do Turistas, já escassos desaparecerem de vez do Município.
Segundo estas informações o Sr. Edgar Gerente da Atual em BH, indicou como uma das maiores dificuldades seria a Administração da Rodoviária Local, que recebe uma Taxa para garantir as Plataformas livres para os ônibus Interurbanos, anunciar a chegada e saída dos ônibus no alto-falante, garantir as condições mínimas de higiene e segurança para os passageiros (o que consta no verso da passagem desta empresa) e no entanto tem que parar seus ônibus na Rua fora da Rodoviária, pondo em risco a integridade física dos passageiros, incorrendo em infrações de trânsitos, sendo incomodado por Clientes indignados pelo péssimo atendimento lá em BH, quando não paga táxi para passageiros que não perceberam a chegada e saída dos seus ônibus.
Mas esta sabe que a retirada destas linhas pode causar transtornos e tem em seus quadros grande quantidade de profissionais deste município e gostaria de aqui permanecer, para tanto se disporia discutir com as autoridades locais, vindo os representantes até aqui para discutir melhorias e o que estas podem contribuir e o que a Administração Municipal possa atuar para modificar a ATUAL REALIDADE.
Mais uma vez a nossa cidade nós coloca numa situação VUNERÁVEL, todos tem a maior boa vontade conosco e nós a que ponto estamos chegando.
O nosso administrador da Rodoviária acumula o cargo de administrador do cemitério, será que quando houve a indicação, já estava premeditado passarmos por isto!?...Só falta agora a pá de cal.
Bem só nos resta agora aproveitar o que tem de melhor da situação, ouvir as partes numa Audiência Pública e recuperar o tempo perdido sugerindo entregarmos a Rodoviária para uma Empresa Particular explorar como já fazem outros Municípios.
Faz-me sentir saudades da Gestão José Pedro que esta mesma Rodoviária era limpa e encerada, podíamos comer no chão. Lamentável!

3 comentários:

nikolas disse...

Tenhu apenas 19 anos e vejo que desde de que dou conta do que é ser um cidadão e do que nós devemos dispor vejo que a cidade de santos dumont não tem contribuido em grande ajuda a nós. Foi Primorosa sua atitude léo de coloca isso aqui para que possa ser exposto a todos que estejam neste momento em santos dumont como anda nossa rodoviária.

Parabéns pela reportagem.

Anônimo disse...

sinceramente o que mais me incomoda na rodoviária de Santos Dumont é o banheiro,temos que pagar para usa-lo,com mau cheiro,sujo em um estado deplorável.O dinheiro nao seria para a manutenção?porquê não está sendo feita?Nossa cidade està no fim!Não demora e vai virar cidade dormitório,ou,será que ja não é???

Fabiano por uma Minas Gerais melhor disse...

é Léo o caso da rodoviária é muito triste, e olha que ando por esse nosso Estado e em cidades menores nos dão um banho de como deveria ser um cartão de visitas, infelismente não é. Como vc mesmo disse bons tempos o do nosso saudoso José Pedro, ainda me lembro do dia da inauguração, uma grande festa, onde todos os sandumonenses anciavam por esse momento há muitos anos, mas infelismente hoje é esse caos que está ai. É por isso que o nosso TURISMO não alavanca, nem onde receber os visitantes temos....
Agora pintar os meio-fios e os postes da cidade não atrae turista não, eles querem um lugar descente pra chegar(os que fazem uso de ônibus), um banheiro limpo, setor de informações, mas nada disso temos no nosso Terminal Rodoviário.
Infelismente não temos uma administração preocupada com o desenvolvimento economico da cidade, onde poderiamos aproveitar nosso grande patrimonio que está abandonando por ai.